sábado, 12 de setembro de 2009

Só mais uma tristeza.


Do que adianta um romântico solteiro?
Do que adianta um altruísta solitário?
Do que adianta uma casa de cera?
Do que adianta uma vida imortal?


Em que muda o mundo um pensamento preso?
Em que muda uma pessoa elogios vagos?
Em que muda o sentimento ser clichê?

Como se alivia com falsa felicidade?
Como se alivia uma nostalgia forçada?
Como se alivia uma pessoa morta?


Algumas dores das pessoas não podem ser curadas.
Como a morte, pode fazer tanto mal para uma única pessoa?
Como a felicidade pode incomodar tanto a tristeza?
Porque os opostos se atraem com uma intensidade tão forte?
Como nossos sentimentos são tão fortes para nós a ponto de perfurar o ego?

5 comentários:

Gilmara S. disse...

Adoreiiii!!!

Vou seguir, se der da uma forcinha tb!
Bjoss!

Jou Jou Balangandã disse...

Lindo texto, é seu mesmo? Adorei!
Parabéns pelo blog. Temos algo em comum, eu tb sou uma jovem com um espirito de velho. Sabado a noite e os amigos não cansam de chamar pra balada ... ah neim!

Bjou

Daniel Braga disse...

Juro que não me lembro de você, achei seu blog perdido na minha listinha lá de blogs que eu acompanho e visitei =)

Seu blog tem um layout incrível e adorável. E seu texto ficou bom. Também sou um romântico solteiro, e prefiro assim. Não me pergunte o porquê.

~Até a próxima.

*DB*

Dimy disse...

É meu o texto sim, e daniel, eu era do tripe, acho que foia Luciana que levou vc lá...eu nao uso muito ele, so as vezes quando estou mais inspirado...e Jou Jou vlw, deu ate uma levantada na minha moral, rsrsr...

[ rod ] ® disse...

esses questionamentos, que poderiam ser loucos, são acertados... é a busca pela felicidade... abs meu caro...